Qual a importância das abelhas?

Ame ou odeie as abelhas, mas de um fato não podemos fugir: elas são seres essenciais para a manutenção do meio ambiente como o conhecemos.

Responsáveis por um processo vital para a natureza, o de polinização, as abelhas são as principais responsáveis pela produção e reprodução de frutas, flores e muitos outros tipos de plantas! Seus subprodutos, o mel e a cera, sempre foram muito apreciados por nós — inclusive na indústria de cosméticos, onde a cera é usada para proteger a pele, e o mel para nutrir. Mas quais são os impactos do uso desses produtos, e como você pode ajudar a preservar esses bichinhos tão essenciais para o meio-ambiente?

Quem são as abelhas na fila do pão?

Apesar de pequenas, não se deixe enganar: apenas 2% das abelhas selvagens é responsável por até 80% da polinização de todas as plantações do mundo! Sem elas, não teríamos frutas em abundância nem metade das flores e outros tipos de alimentos dos quais dispomos hoje. O declínio na população das abelhas não tem somente impacto na vida selvagem, mas também na produção de diversos produtos comuns e até essenciais para humanos.

Como o consumo de derivados de abelhas impacta no meio-ambiente?

Muito presentes no cotidiano humano, podem ser encontrados produtos da apicultura (criação de abelhas) em várias partes do nosso dia a dia: desde o mel e a geleia real, que são os mais conhecidos, até o própolis e a cera, que podem ser combinados com outros produtos para fazer remédios ou cosméticos.

Contudo, a extração desses produtos em excesso pode ser prejudicial para as abelhas, pois são produzidos não para consumo humano, mas para seu próprio: enquanto o mel é sua reserva de alimento para períodos de escassez, como o inverno, a cera é o produto que utilizam para armazenar o alimento e proteger os membros da colmeia de predadores.

Como você pode ajudar a preservar as abelhas?

Não é só o consumo direto de mel e cera que influenciam na preservação das abelhas: também é muito importante verificar se os produtos que você consome, incluindo cosméticos e alimentos, possuem origem orgânica! Por quê?

O uso de agrotóxicos na produção de certos alimentos se destina, em parte, a combater insetos que devoram as plantações e outros tipos de pragas — porém, esses mesmos agrotóxicos também são alguns dos maiores responsáveis pelo desaparecimento das abelhas do mundo! Ao pousar em plantas pulverizadas com agrotóxicos, as abelhas podem morrer ou até mesmo levar o produto de volta para a colmeia, pondo em risco todos os membros de sua colônia.

Também é importante atentar-se à sua pegada de carbono — sim, a emissão de gás carbônico e o aquecimento global também são fatores de risco para a existência das abelhas! Isso porque, por serem criaturas extremamente delicadas, esses insetos estão mais vulneráveis a mudanças de temperatura ou ambiente, e muitas vezes não sobrevivem aos eventos climáticos extremos causados pelo aquecimento global.

E agora?

             Se continuarmos a consumir os produtos das abelhas, devemos prestar atenção e consumir somente produtos artesanais e de origem orgânica. A criação sustentável, sem agrotóxicos ou métodos agressivos, também está sendo usada para reintroduzir espécies nativas de abelhas em ambientes das quais haviam desaparecido — influenciando positivamente na preservação do meio-ambiente!

             Prestar atenção a nossos hábitos de consumo é o que pode fazer a diferença para mudar o mundo. Vamos trabalhar juntos para preservar as abelhas!